Tendência de consumo infantil: Conexão Parental

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Artigo by UseFashion:

O público infantil vem recebendo maior atenção do mercado nas últimas décadas por três principais razões. Uma delas é por ser considerado um mercado primário, isso quer dizer que possuem poder de consumo, dinheiro e desejos próprios. Outra é que eles também têm um potencial de futuros consumidores. Por fim, uma das razões mais estudadas, é o grande poder de influência que a criança tem sobre as compras de toda família. Mas não podemos esquecer que os pais ainda são os maiores responsáveis, tomando a decisão final.

Então, você acha que é preciso conhecer melhor esse público? Nós achamos que sim. Por isso, buscamos três temas a serem estudados, que são: Conexão Parental, Vivência Lúdica e Subjetividade Infantil. Esse é o primeiro cenário, e nas próximas semanas aprofundaremos os demais.

Primeiro tema: Conexão Parental

O que está direcionando essa tendência?

Conhecer a nova geração de crianças é importante, mas também é preciso entender quem são seus pais. Se as famílias já não são mais as mesmas, com diversas variações em seus núcleos, a comunicação e a forma como os pais estão criando seus filhos também não é. Motivos de sobra para conhecermos um pouco melhor essa conexão entre pais e filhos, mães e pais, família e sociedade.

Grande parte das pessoas que estão se tornando pais hoje, nasceu entre as décadas de 1980 e 1990, fazendo parte da primeira geração a perceber de forma natural o impacto da internet no cotidiano, também chamada de Geração Y ou Millennials. O que para gerações como a dos Baby Boomers, por exemplo, foi uma revolução, para os Millennials é vida normal.

É importante pensar que, com essa mudança de geração de pais, muda-se também a forma como os produtos são percebidos e consumidos. Dentro dessa ideia, começamos a perceber uma infinidade de produtos que se baseiam nas mudanças nas relações entre pais e filhos. Veja alguns exemplos:

Natura

Percebendo a evolução de seus consumidores e as mudanças de comportamento na criação dos filhos, a Natura desenvolveu uma versão para sua linha Mamãe e Bebê, chamada Papai e Bebê. “A Natura reconhece que o pai também vivência e compartilha do cuidado de um filho e, por isso, merece um acessório pensado exclusivamente para ele e suas necessidades” diz a companhia em comunicado oficial. No ano passado, a empresa estendeu a licença paternidade para 40 dias, mostrando que é um movimento de dentro para fora.

Max Motor

Todos os pais já utilizaram o recurso de dar uma voltinha de carro para os pequenos dormirem. Foi prestando atenção nestas experiências dos pais que a Ford criou algo bem diferente e inovador: Um berço que dá a sensação de estar dentro de um carro. O Max Motor Dreams simula o passeio calmante na parte de trás através de luzes de LED que imitam as luzes das ruas, alto-falantes na parte inferior que fazem sons de amortecedores do motor e do som ambiente. Além disso, um mecanismo de balanço vibra suavemente o berço, e ainda vem com um aplicativo.

Confira na próxima semana o cenário Subjetividade Infantil. Não deixe de acompanhar!

LOGO KOELNMESSE byn

 

Koelnmesse organizes four trade fairs in Brazil: The International Show for Baby and Children Wear FIT 0/16, held twice a year in São Paulo - simultaneously to Pueri Expo - an event inspired by the largest fair for children's items in the world, ´Kind + Jugend´in Cologne (Germany), which had its debut in June 2016,.. Read More

Newsletter

Invalid Input
Invalid Input
Invalid Input
Invalid Input